Amazon é a marca mais valiosa pelo 3º ano em ranking global

A Brand Finance publica anualmente o relatório de marcas mais valiosas do mundo, com hegemonia da Amazon pelo terceiro ano seguido no ranking de 2020. A companhia foi o destaque à frente do Google, que tirou a vice-liderança da Apple neste ano.


De acordo com o documento, a marca Amazon foi avaliada em US$ 220,7 bilhões ultrapassando a casa dos 200 bi pela primeira vez. Em relação ao ano passado, houve valorização de 17,5%. O Brand Finance relaciona este avanço à computação em nuvem, além de serviços de streaming e o varejo.


Em segundo lugar, o Google teve marca avaliada em US$ 159,7 bilhões, o que representa aumento de 11,9% em um ano. A companhia conseguiu passar a Apple por um ano ruim da gigante do iPhone, cuja marca perdeu valor em 8,5%, avaliada em US$ 140,5 bilhões.



Na lista dos 10 mais ainda estão Microsoft em quarto (US$ 117 bi), Samsung em quinto (US$ 94 bi)l, Facebook em sétimo (US$ 79 bi) e Huawei que entra em décimo pela primeira vez (US$ 65 bi).


O ranking é chamado de Global 500 exatamente por apresentar as 500 marcas mais valiosas. O documento destaca que o ramo de tecnologia ainda é o com maior precificação no total. São 46 empresas que, somadas, têm marcas no valor de US$ 986,5 bilhões, com 14% do total.


Entre os brasileiros, quatro marcas mais valiosas, todas relacionas a bancos. O Itaú aparece na 289ª posição com Bradesco (308ª), Caixa (428ª) e Banco do Brasil (461ª).

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square

FALE CONOSCO

Telefone

(31) 2535-4598

(31) 97508-2004

 

Endereço:

Rua Padre Francisco Scrizzi, 60 - Palmeiras 

CEP: 30570-525 - Belo Horizonte - MG - Brasil

              HORÁRIO DE

            FUNCIONAMENTO

               Segunda à Sexta:

               De 09 às 18 horas.

   Sábado                Agendamento

   Domingo             Fechado

   Feriado                Agendamento

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

        Formas de Pagamento

Crédito/Débito/Parcelamento