Tor Browser: o que diferencia ele dos outros navegadores no Windows



O projeto Tor já é bastante antigo, mas poucas pessoas sabem o que é possível fazer através dele. Diferentemente do que muitos pensam, o projeto Tor não só permite o acesso a Deep Web, como também mantém a proteção de seus dados quando utilizado como um navegador normal.

Para saber se vale a pena utilizá-lo ou apenas conhece-lo melhor, o Olhar Digital preparou uma lista que explica os seus principais diferenciais ao ser utilizado no computador, incluindo as novidades que chegaram em suas últimas versões. Confira:

Como funciona

Um pouco diferente dos navegadores comuns, quando você utiliza o Tor, a sua máquina fica conectada aos servidores dele. Apesar de ficar nesta espécie de rede, nada lhe impede de acessar os sites que você estaria acessando no seu navegador comum.

A grande diferença aqui fica na forma que os seus dados ou informações trafegam pela internet. Uma vez que em uma rede comum, diversas informações da navegação e de seu computador ficam expostas por causa dos sistemas de rastreios de sites que procuram saber mais sobre você.

Para o seu motor, por sua vez, o Tor utiliza uma versão modificada do Firefox, que nem sempre acompanha todas as atualizações que o navegador original recebe. Ainda assim, essa escolha se deve a medidas de segurança, uma vez que o Tor precisa adaptar parte do navegador para torná-lo seguro.

Recursos exclusivos

Diferente do que se possa pensar, ao ver o Tor pela primeira vez, você não deve notar muitas diferenças dele para o Firefox, mas ele tem alguns recursos exclusivos que o tornam único. A seguir, veja como utilizá-los:

Busca pelo DuckDuckGo

Na versão tradicional do Firefox, você quando realiza uma busca pela barra de endereços é redirecionado para o Google. Já no Tor, qualquer busca que você realizar por meio de sua interface é redirecionada para o DuckDuckGo, um site de buscas como o Google, mas que tem alguns diferenciais, como não salvar o seu histórico de pesquisa etc.


Bloqueio de scripts e etapas de segurança

Além da conexão na rede Tor, o navegador oferecido por eles também traz algumas opções para bloquear os scripts nativamente. Uma delas, por exemplo, é com a extensão NoScript, que lhe mostra por onde os seus dados estão passando, isto além do que está visível no site, é claro.


Para que a segurança funcione ainda de forma mais efetiva, o Tor oferece três níveis de segurança. Veja como usá-lo:

  1. Clique no ícone indicado conforme mostra a imagem abaixo e entre em “Configurações de Segurança...”;


Escolha entre um dos três níveis disponíveis.


A diferença entre os níveis fica em alguns scripts que ficam desabilitados por padrão, além de imagens, vídeos e outros elementos do site que podem acabar indisponíveis. A cada nível que você seleciona, é possível conferir uma breve descrição deles ao lado.



Outra medida de segurança adotada pelo Tor é o uso da extensão HTTPS Anywhere. Em outros navegadores, caso os sites não tenham um suporte a este protocolo, nenhuma medida de segurança extra é tomada. Entretanto, no Tor, esta extensão mostra em quais serviços ela precisou atuar para lhe deixar mais seguro.

Dados da navegação e alguns problemas

Assim como ocorre no modo anônimo ou privado de outros navegadores, toda vez que você o encerra, os dados que foram armazenados referentes a navegação são apagados. Além disto, como informado acima, por bloquear certos recursos dos sites, não é incomum que uma página seja carregada diferente do padrão.

O servidor que lhe conecta à rede Tor, apesar de ter melhorado recentemente, ainda continua lento. Dessa forma, caso tenha preocupação com a velocidade da internet, o Tor pode não ser uma boa alternativa, já que ele tem os tempos de carregamentos das páginas consideravelmente maior.

Deep Web

Além de todos os recursos mencionados acima que funcionam para a internet normal, é claro, o Tor também é conhecido por acessar a Deep Web. Para quem não conhece, ela é uma forma de internet que não deixa os sites serem indexados por buscadores padrões.

Ainda na questão da Deep Web, é importante ressaltar que ela é descentralizada e funciona de forma P2P. Entretanto, fica um aviso: antes de procurar saber como acessar a Deep Web utilizando o Tor, tome cuidado com o que encontrar por lá, pois nela existe muito conteúdo que é ilegal.

Vale a pena utilizá-lo?

Se você ficou curioso sobre o Tor, provavelmente está se fazendo esta pergunta. Caso você seja preocupado com segurança, privacidade e tem a curiosidade de conhecer a Deep Web, o Tor é a opção mais fácil e acessível para você. Ainda assim, lembre-se que você pode instalar outras extensões que desempenham alguns recursos que você encontra no Tor para melhorar a sua privacidade.

Agora, se você não está muito preocupado com privacidade ou apenas já utiliza outros métodos para se proteger na internet, talvez não encontre muitos recursos úteis no programa.


Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square

FALE CONOSCO

Telefone

(31) 2535-4598

(31) 97508-2004

 

Endereço:

Rua Padre Francisco Scrizzi, 60 - Palmeiras 

CEP: 30570-525 - Belo Horizonte - MG - Brasil

              HORÁRIO DE

            FUNCIONAMENTO

               Segunda à Sexta:

               De 09 às 18 horas.

   Sábado                Agendamento

   Domingo             Fechado

   Feriado                Agendamento

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

        Formas de Pagamento

Crédito/Débito/Parcelamento