iPhone XR: o melhor iPhone pelo menor preço do ano



A Apple divulgou os preços em Reais dos novos iPhones que serão lançados na semana que vem no Brasil e, como sempre, muita gente está reclamando do absurdo que são os valores. E eles são realmente chocantes na realidade atual que estamos enfrentando no país.

Como em todos os anos, o Blog do iPhone fez uma análise crítica dos preços deste ano, comparado com os valores dos anos anteriores. Consideramos que isso é muito útil para entendermos os números.

Antes de tudo, é importante dizer que não estamos aqui para defender a Apple. Os preços são estratosféricos mesmo e, assim como nos outros anos, indefensáveis. Portanto, a ideia aqui não é convencer ninguém de que os preços são justos ou que “não são tão caros assim”. São caros sim e não aconselhamos ninguém a comprometer seu orçamento pessoal só para ter o último modelo.

Dito isso, o que propomos é analisarmos os números de forma fria e sem emoções. Na internet é muito comum vermos alguma coisa e já reagirmos a ela, mesmo sem muita base de conhecimento ou estudo sobre o assunto, ainda mais quando é algo que nos choca, como preços altíssimos. Portanto, como acontece todos os anos, veremos muita gente reclamando inicialmente dos preços altos, mas depois se sacrificando para comprar um iPhone novo.

O fato é: o iPhone sempre foi caro no Brasil. Sempre, desde o primeiro iPhone 3G. A diferença é que a situação econômica atual está fazendo com que fique cada vez mais difícil comprar um recém lançado. E esta dificuldade frustra demais os usuários.

Para medir o quanto o preço “real” variou, nos últimos anos nós associamos o valor brasileiro do iPhone no lançamento atrelado ao dólar, pois assim podemos ter uma referência de quanto a variação foi ou não significativa. Já vimos anos que esta variação aumentou e diminuiu, e até sentimos (em alguns poucos casos) um certo esforço da Apple em não seguir a tendência de alta, para não assustar tanto os consumidores.

Então vamos à nossa clássica tabelinha de preço atrelado ao dólar.

Preço nas alturas

Abaixo, você vê a nossa tabela comparativa desde 2010, tomando como base a cotação do dólar comercial convertido no dia do lançamento. Não são consideradas taxas extras como IOF e valor maior do dólar paralelo. É apenas uma referência. (Se você estiver lendo este artigo no iPhone, coloque a tela na horizontal para visualizar toda a tabela)

No ano passado, a Apple já tinha subido significativamente o preço base do iPhone. Este ano, ela aumentou ainda mais. Há de se considerar que, nos EUA, o iPhone XR básico aumentou 50 dólares em relação ao preço do iPhone 8 no ano anterior. Porém, no Brasil esta diferença foi quase multiplicada por 4 (US$183).

Modelo e lançamentoPreço em ReaisConvertido em dólar (na época)

iPhone 4 (17/09/2010) R$1.799US$1.045

iPhone 4s (16/12/2011) R$1.899US$1.080

iPhone 5 (14/12/2012) R$2.399US$1.153

iPhone 5s (22/11/2013) R$2.799US$1.233

iPhone 6 (14/11/2014) R$3.199US$1.229

iPhone 6s (13/11/2015) R$3.999US$1.057

iPhone 7 (04/11/2016) R$3.499US$1.076

iPhone 8 (03/11/2017) R$3.999US$1.215

iPhone XR (09/11/2018) R$5.199US$1.398

Podemos dizer que, se considerarmos o preço convertido para dólar, é o valor básico mais alto cobrado pela Apple no Brasil desde o início das vendas de iPhone no país, em 2008. Isto, aliado à queda do poder aquisitivo de boa parte da população, acaba frustrando a maioria dos usuários.


iPhone XS menos caro

A mesma alta agressiva vista no iPhone XR não se viu, surpreendentemente, no preço do iPhone XS. Se usarmos a mesma lógica de conversão, o modelo básico do XS caiu de preço.

Para ilustrar isso melhor: se você tivesse US$ 2.000 guardados em dezembro de 2017, não conseguiria converter e comprar em Reais um iPhone X. Já este ano, com os mesmos US$ 2.000 seria possível comprar o iPhone XS, e ainda sobraria alguns trocados. Sim, sabemos que o preço à vista é menor, mas estamos usando o preço cheio como referência.

Modelo e lançamento

Preço em ReaisConvertido em dólar (na época)

iPhone X (08/12/2017) R$6.999US$2.127

iPhone XS (09/11/2018) R$7.299US$1.962

Ou seja, apesar do valor para nós ser maior que no ano passado, o dólar aumentou bem mais do que o aumento que a Apple aplicou no aparelho. Se seguisse a lógica o preço do modelo básico este ano ficaria mais próximo dos R$7.999.

Mas por que a Apple está cobrando tão caro em um modelo que deveria ser “o mais acessível” a todos? Por que o preço, em relação ao iPhone 8 do ano passado, subiu tanto assim no Brasil?

São perguntas que não sabemos responder. Só a Apple Brasil tem a resposta.

Mas é importante sempre lembrarmos que contas superficiais não são nada construtivas e só geram desinformação e raiva nas pessoas. Todos os produtos importados sofrem uma pesada carga tributária no Brasil (cerca de 60%), e boa parte deste valor a mais vai para o Governo. Isso é fato.

Outro ponto a ser considerado é o que o ex-vice-presidente internacional da Xiaomi, Hugo Barra, comentou uma vez em relação ao comércio de celulares importados no Brasil. Ele justificou a saída da empresa chinesa de nosso mercado por vários fatores, e um deles foi a alta margem de lucro que o varejo brasileiro obriga as fabricantes a garantir na venda de aparelhos. Ele chegou a citar que 30% do preço do celular fica com os grandes varejistas, o que impede a implementação de preços competitivos em nosso país. Quem disse isso foi alguém que não tem nada a ver com a Apple, então é algo a ser considerado também.

A Xiaomi veio ao Brasil para brigar feio por preços, mas não aguentou e foi embora, tamanho foram os entraves.

Então, antes de ficar xingando no Twitter que a Apple é canalha, que considera brasileiros uns palhaços e que só explora os “otários que compram”, procure se informar sobre os cálculos que fazem ela chegar a esse preço. Mas não vale se informar pelo WhatsApp, vá atrás de fontes fidedignas de informação.

Longe de dizer que ela não tira um bom lucro na venda no Brasil (óbvio que tira), mas entenda que, pelo menos uns R$2.000 do preço de um iPhone XS não fica com ela.

Em 2013 nós fizemos uma matéria na Revista iThing, falando justamente do Custo Brasil e quanto ele deixava mais caro o preço do iPhone em nosso país. Tudo isso ainda vale nos dias de hoje, infelizmente.



0 visualização

FALE CONOSCO

Telefone

(31) 3016-6580

(31) 97508-2004

 

Endereço:

Rua Padre Francisco Scrizzi, 60 - Palmeiras 

CEP: 30570-525 - Belo Horizonte - MG - Brasil

              HORÁRIO DE

            FUNCIONAMENTO

               Segunda à Sexta:

               De 09 às 18 horas.

   Sábado                Agendamento

   Domingo             Fechado

   Feriado                Agendamento

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

        Formas de Pagamento

Crédito/Débito/Parcelamento